Martes, 23 de abril de 2019
 
Assembleia anual da Província Santo Tomás de Vilanova, Brasil-2019
 
O Sítio Santo Agostinho em Camorim, Rio de Janeiro-Capital, acolheu os religiosos da Província Santo Tomás de Vilanova que residem no Brasil para participarem da Assembleia Anual 2019, cujo início se deu no dia 07 e o encerramento no dia 11 de janeiro. Esta assembleia tem um sabor fraterno revigorado pois é a primeira que se realiza contando com os religiosos das então províncias São José e Santa Rita de Cássia, ambas incorporadas à Província Santo Tomás de Vilanova em outubro de 2018.
 

Os irmãos começaram a chegar na tarde da segunda-feira, dia 07 de janeiro. Alguns reencontraram irmãos que fazia tempo não viam, e outros se encontravam pessoalmente pela primeira vez. Inserido no contexto das boas-vidas, o jantar integrou ainda mais os religiosos num clima de criadores de comunhão. Depois do jantar, a entrega de materiais antecedeu a apresentação de todos os participantes, organizados por comunidades conforme a configuração das mesmas para os anos 2019 e seguintes.

 

Todos os dias a assembleia transcorreu em clima de oração, partilha, conhecimento e, principalmente, fraternidade. Os momentos de oração, meditação, apresentação de temas, refeição, recreio, esporte, reuniões formais e informais, concretizaram tantas oportunidades para os mais de 70 religiosos participantes multiplicarem a responsabilidade de serem criadores de comunhão.

 

Na terça-feira, 08 de janeiro, no período da manhã, frei Vanderlei Altoé Fazôlo apresentou “um itinerário válido para a vida em comunidade”, tendo por fundamento o documento do papa Francisco sobre o sínodo dos bispos “Episcopalis Communio”; o provincial frei Miguel Ángel Hernández Domínguez comentou os assuntos mais pertinentes discutidos no 36º Capítulo Provincial realizado em outubro de 2018 na Espanha. No período da tarde foi apresentado o Projeto de Vida e Missão da Província para o período 2018-2022, frei Danilo José Janegitz falou sobre a formação e espiritualidade e frei Rodofo Werneck Pereira sobre os meios de comunicação social no que diz respeito à província. A celebração eucarística, celebrada às 18h00, foi presidida por frei Nicolás Pérez-Aradros Rubio.

 

A quarta-feira, 09 de janeiro, contou uma palestra muito necessário nos dias de hoje: Frei Daniel Medina, frade recoleto residente na Argentina, falou sobre a proteção e prevenção das crianças e adolescentes nos âmbitos de atuação dos agostinianos recoletos. Frei Daniel, que veio da Argentina especialmente para este momento, também respondeu diversas perguntas feitas pelos participantes e esclareceu muitas dúvidas, todos os assuntos relacionadas tanto no serviço educativo quanto no pastoral e humano; a Ordem tem presença marcante e concreta em colégios, paróquias e, no dia a dia, com tantos seres humanos. A missa foi celebrada às 18h00 com a presidência de frei Alcimar Fioresi. Depois do jantar, um momento de recreação comunitária com a participação de todos estreitou ainda mais os laços de união.

 

A primeira atividade do dia 10, quinta-feira, foi a celebração eucarística, presidida por frei Francisco José Ariza Bertos. O dia foi dedicado à assembleia das províncias Santo Tomás e Santa Rita.  Ambas as províncias ainda existiam juridicamente separadas, e com a assembleia, se uniram também no aspecto jurídico, tornando-se assim, uma só organização. Liderada pelo advogado Laert Mantovani e assessorado pela contadora Cristina, a apresentação de todo o material transcorreu conforme planejado e as respostas às questões levantadas aclarou ainda mais os vários aspectos práticos que a união jurídica implica. No final, a união foi aprovada em cada uma das assembleias realizadas: a da Associação Brasileira Evangelizadora Agostiniana Recoleta, ABEAR – braço jurídico da província Santo Tomás de Vilanova – e a Associação Agostiniana Recoleta de Beneficência e Eduação, AARBE – braço jurídico da então província Santa Rita de Cássia. No final do dia frei Nicolás Luis Caballero Peralta partilhou o aspecto educacional na Província. No final do dia, uma confraternização com momentos de esperte e lazer: futebol, vôlei, piscina e churrasco.

 

O último dia da assembleia, sexta-feira dia 11 de janeiro, começou com a hora santa vocacional e, depois do café da manhã, frei Alcimar Fioresi falou sobre o apostolado ministerial e frei Nicolás Pérez-Aradros Rubio sobre o apostolado missionário. A seguir, frei Gustavo Barbiero Mello e frei André Pereira de Arruda falaram do serviço de animação vocacional que realizam na província e frei Juan José Ormazabal Garmendia partilhou a questão da economia na província. Frei Miguel Ángel, prior provincial, finalizou os assuntos da manhã com um apanhado geral da assembleia anual e desejou a todos um ano de 2019 multiplicador de comunhão. O almoço de confraternização ao meio-dia encerrou a assembleia anual da Província em 2019. A seguir, os religiosos iniciaram a volta para suas respectivas comunidades.

 

A assembleia, como acontece em todas elas, foi realizada com momentos de oração, celebração diária da Eucaristia, refeição em comum, recreação (momentos de descontração e bate-papo), estudo e partilha de ideias, reuniões e confraternização da vida em comum.  Contamos com a oração de todos para continuarmos sendo, cada vez com mais intensidade, criadores de comunhão.

 

Frei Mason