martes, 19 de noviembre de 2019
inicio
 
PJV 2015 pt

Portada

La Provincia

|-¿Quiénes somos?

|-¿Dónde estamos?

|   |-En España

|   |-En Brasil

|   |-En MARAJÓ (Brasil)

|   |-En Argentina

|   \-En Venezuela

|-¿Qué hacemos?

|   |-Seminarios

|   |-Misión de Marajó

|   |-Centros educativos

|   |-Parroquias

|   |-Otros ministerios

|   \-Revista Santa Rita y el pueblo cristiano

|-Vicarías

|   |-Vicariato do Brasil

|   |-Vicaría de Argentina

|   \-Vicaría de Venezuela

|-Secretariados

|   |-Espiritualidad

|   |-Formación

|   |-Apost. Ministerial

|   |-Apost. Misional-Social

|   |-Apost. Medios Com. Social

|   |-Past. Juvenil y Vocacional

|   |   |-PJV 2006

|   |   |-PJV 2007

|   |   |-PJV 2008

|   |   |-PJV 2009

|   |   |-PJV 2010

|   |   |-PJV 2011

|   |   |-PJV 2012

|   |   |-PJV 2013

|   |   |-PJV 2014

|   |   \-PJV 2015

|   \-Apost. Educativo

|-Jóvenes Agustino-Recoletos (JAR)

|   |-Itinerario

|   |   |-Horizonte de Aventura

|   |   |-Horizonte de Amistad

|   |   |-Horizonte de Libertad (I-Grupos)

|   |   |-Horizonte de Libertad (II-Precomunidades)

|   |   \-Horizonte de Fraternidad

|   |-Oracional

|   |-Cancionero

|   \-Otros

|-Madres Mónicas

|-Relig. Difuntos ProvST

|-Causas de Canonización

|   |-Venerable Sor Mónica de Jesús (1889-1964)

Noticias

|-de la Iglesia

|-de la Orden

|   |-Cursos de Renovación

|   |-Capitulos Generales

|   |-Capitulos otras Prov.

|   |-Reuniones OAR

|   |-de la Curia General

|   \-Celebraciones y Jubileos

|-de la red ARCORES

|-de los Obispos OAR

|   |-Diócesis de Cametá (PA, Bra)

|   \-Prelatura do Marajó (PA, Bra)

|-de los Capítulos Provinciales

|   |-35º Cap. Provincial (2015)

|-desde España

|-desde Brasil

|-desde Argentina

|-desde Venezuela

|-Rev. Antena Informativa

Servicios

|-Santoral OAR

|   |-Enero/Janeiro

|   |-Febrero/Fevereiro

|   |-Marzo/Março

|   |-Abril

|   |-Mayo/Maio

|   |-Junio/Junho

|   |-Julio/Julho

|   |-Agosto

|   |-Sepbre./Setembro

|   |-Octubre/Outubro

|   |-Novbre./Novembro

|   \-Dicbre/Dezembro

|-Lectio Divina

|   |-LD Vocacional

|   |-LD Textos bíblicos

|   |-LD p Ciclo A

|   |   |-LD Adviento (A)

|   |   |-LD Nav-Epifanía (A)

|   |   |-LD Cuaresma-SS (A)

|   |   |-LD Pascua (A)

|   |   \-LD T. Ordinario (A)

|   |-LD p Ciclo B

|   |   |-LD Adviento (B)

|   |   |-LD Nav-Epifanía (B)

|   |   |-LD Cuaresma-SS (B)

|   |   |-LD Pascua (B)

|   |   \-LD T. Ordinario (B)

|   |-LD p Ciclo C

|   |   |-LD Adviento (C)

|   |   |-LD Nav-Epifanía (C)

|   |   |-LD Cuaresma-SS (C)

|   |   |-LD Pascua (C)

|   |   \-LD T. Ordinario (C)

|   |-LD Fiestas del Señor

|   \-LD Virgen Maria y los Santos

|-Año Litúrgico

|   |-Adviento

|   |   |-Ciclo A (Adv)

|   |   |-Ciclo B (Adv)

|   |   \-Ciclo C (Adv)

|   |-Navidad-Epifania

|   |   |-Ciclo A (Nav)

|   |   |-Ciclo B (Nav)

|   |   \-Ciclo C (Nav)

|   |-Cuaresma-Triduo Pascual

|   |   |-Ciclo A (Cua)

|   |   |-Ciclo B (Cua)

|   |   \-Ciclo C (Cua)

|   |-Pascua-Pentecostés

|   |   |-Ciclo A (Pas)

|   |   |-Ciclo B (Pas)

|   |   \-Ciclo C (Pas)

|   |-Tiempo Ordinario

|   |   |-Ciclo A (TO)

|   |   |-Ciclo B (TO)

|   |   \-Ciclo C (TO)

|   |-Fiestas del Señor

|   \-La Virgen María y los santos

|-Form. permanente

|   |-Proyecto trienal

|   |-Revitalización OAR

|   |-Agustinología

|   \-Espiritualidad

|-Materiales

|   |-Fraternidad Seglar

|   |-Past. Juvenil

|   |-Past. Vocacional

|   |-Catequesis

|   |-Past. Educativa

|   \-Año de la Vida Consagrada

|-La WEB (o SITE)

\-Webmail

Audiovisuales

Enlaces

|-Iglesia Católica (Santa Sede)

|-Conf. Episcopales y diócesis

|-Conf. Religiosos

|-Familia Agustino-Recoleta

\-Provincia Sto. Tomás de Villanueva

Contacta 
Bookmark and Share
Escola Menino Jesus e Santo Ezequiel Moreno, de Santa Fe (Prov. Santa Fe, Argentina)
Fr. Ezequiel O. Soria, oar - 14/09/2015
Santiago Parini, Coordenador Past. Escola
Esteban Medina, postulante oar
Julio Ferreira, aluno
Fr. Ezequiel O. Soria, oar

Durante o mês de agosto celebramos no mês pelas vocações agostinianas recoletas, e em especial, na primeiro semana foi dedicada à formação dos alunos no significado, importância e distinção das vocações à que Deus nos chama.

Na sexta‑feira tivemos a visita dos seminaristas que atualmente estão cursando o postulantado dentro do seminário Santo Ezequiel Moreno da cidade de Buenos Aires, quem especialmente vieram a compartilhar com nossos alunos seu testemunho.

Julio, aluno de 4to ano

É quem compartilha‑nos suas palavras sobre a citada visita:

A verdade foi uma palestra muito linda, foi acordando pouco a pouco várias dúvidas, acho eu, em todos. Particularmente em mim, deixo um significado importantíssimo que se acordou bem mais quando a forma de fazer‑nos chegar a mensagem foi muito clara. Não foi a de dizer‑nos que temos que eleger a vida que levam eles, se não que sua intenção foi tirar nosso medo. Pela vergonha de dizer o que queremos, o medo a que nos excluam, terminamos fazendo o que todos fazem, e com certeza não é o que nós queremos.

Mais ainda quando vimos sua idade, capaz que falando com um sacerdote que já faz muito que está nesta vida é diferente, mas quando vez que não há tanta diferença com sua idade presta mais atenção, escuta mais como foi sua vida, porque se dá conta que não falta você muito para chegar a esses tempos, e ver a maturidade com a que o tomaram é muito boa.

Particularmente em meu há muitas dúvidas sobre minha vocação, e neste mês acordam‑se mais ainda estas dúvidas, que pouco a pouco vou as comentando com aqueles que tenho confiança. Em isso não me posso queixar de minha escola, já que tenho um coordenador pastoral e um diretor e assessor que apóiam e aconselham sempre em todo momento.

Foi muito lindo também que eles contem como era sua vida antes. Por aí o que me freia, e acho que não sou o único, é a forma de vida que estamos levando. A gente pensa que eles sempre levaram uma vida correta e excelente, mas quando escute todo o que nos disseram, e somado a este mês que é especial, se aclaram um montão de dúvidas. Eles também se equivocaram, se equivocam e se vão seguir equivocando. Fizeram “macanas”, discutiram, brigaram e isso é o que mais me chego desta palestra.

Uma das chaves é não ter medo. Não esperar algo mágico que caia do céu e que esclareça todas nossas dúvidas. “Se não no perguntar, no querer saber, no descobrir você vos mesmo.”

Testemunho de Esteban Medina

No marco da semana vocacional e do mês agostiniano toco‑nos viajar para Santa Fé para compartilhar nossa experiência no processo de discernimento, além da vida em comunidade dentro do seminário e ‑por que não?‑ convidar aos jovens a questionar‑se de maneira sincera e madura que é o que queira Deus para eles. Ou dito de uma maneira mais adequada: Que tem preparado o Senhor para minha vida? Qual é minha vocação?

Foram três dias muito intensos. O primeiro junto aos garotos de 7º do primário de 12 anos do colégio Menino Jesus e os alunos de 5º do Secundário “Santo Ezequiel Moreno”. Ao princípio tivemos muitas dúvidas a respeito de como iniciar a comunicação já que se trata de um tema que gera sempre uma grande incerteza, sobretudo se nunca dantes o tinham questionado. Captar (e manter) sua atenção era o objetivo primordial. Graças a Deus, não só conseguimos esse objetivo, senão que ainda foram muito respeitosos ‑silenciosos‑ e até nos fizeram várias perguntas que com grande alegria respondemos. Ao dia seguinte, e de igual modo, presenciamos a assembléia JAR onde tivemos um momento para contar nossa vivência e convidar‑los ‑por suposto‑ a perguntar‑lhe a Deus que quer de mim? Os que ainda não o fizeram. E a animar‑se a dar o passo seguinte aos que já o perguntaram, mas que além da resposta, encontraram medos e inseguranças. No último dia acompanhamos aos freis da comunidade nas diferentes missas do dia, onde uma vez mais temos dado testemunho de nossa vocação e da decisão tomada; em definitiva, testemunho de nossa fé, de nosso amor a Cristo e de nosso compromisso para consagrar nossa vida plenamente a Ele.

Particularmente foi uma experiência maravilhosa e muito emocionante por alguns momentos. Ajudou a fortalecer a decisão tomada faz já um ano, essa que me levo a ingressar à casa de formação de nossa querida Ordem. Agradeço enormemente o carinho com o qual temos sido tratados em todo momento, cada palavra, cada abraço, cada gesto fica guardado no coração e é um empurro para seguir adiante.

Não tenham medo em perguntar‑se. Não tenham medo em dar o passo.

Venham e vejam!

  Votar:  
Resultado: 0 puntos0 puntos0 puntos0 puntos0 puntos   0 votos

© Gestor de contenidos HagaClic